segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

O historiador, a história do Brasil e o marxismo



Palmares: A guerra dos escravos – uma resenha do clássico de Décio Freitas

Em muitas vezes a teoria marxista foi um excelente instrumental de análise. Esse, no entanto, parece não ser o caso de Décio Freitas quando escreveu o seu já clássico livro: “Palmares A Guerra dos Escravos”. Décio Freitas se vê por vezes preso nas amarras teórico-explicativas do marxismo, faz perguntas que não cabe ao seu objeto de pesquisa, tais como: Por que os escravos não conseguiram fazer a revolução social no Brasil? E responde: “A impotência da massa escrava em derrubar o sistema e se libertar coletivamente se explica pela extrema debilidade de uma classe – a classe escrava existente no interior do estamento escravo”.

Evidentemente, para não dar uma resposta que minimizasse o feito dos escravos revoltosos, se vê na complicada tarefa de enxertar na singular história brasileira, conceitos marxistas criados para estruturas sociais escravistas da Antiguidade, por si só também enxertos teóricos: “Como todas as formações sociais pré-capitalistas, o escravismo brasileiro se organizava estamentalmente antes de se organizar em classes”.

Freitas busca em Kovaliev as revoluções pré-capitalistas para introduzir nas lutas quilombolas e explicar o porquê que elas não conseguiram impor uma mudança social abrangente como, por exemplo, no caso do Haiti. É esse conceito de revolução de tipo arcaico que lhe permite afirmar que os escravos dos quilombos não fizeram a revolução social, não porque eram incapazes e sim porque as condições eram incapacitantes. A própria resposta já revela a impropriedade da pergunta. Ou seja, a uma pergunta sem cabimento, uma resposta óbvia. Assim, para que houvesse uma revolução verdadeira, precisavam mais do que contradições internas, precisavam de fatores externos.

“A impotência revolucionária marca tragicamente estas lutas. Causaram sem dúvida prejuízos e perturbações graves ao sistema, mas na verdade o deixaram intacto. Tratava-se de lutas repetitivas e sem esperança que não conseguiam subjugar e transformar a sociedade. A supressão da escravatura foi essencialmente determinada pela intervenção de um elemento externo, a saber, as pressões inglesas para cessação do tráfico, o que por sua vez originou a degradação do sistema e afinal sua morte por obsolescência”.

Assim também foi com o Haiti, precisou da influência da Revolução Francesa e o aumento da exploração, da cobiça inglesa à colônia francesa e do investimento da França na reconquista, pois só a partir dessas condições externas é que se pode trazer à luz a personagem de Dessalines e independência do Haiti.

É com o mesmo intuito de corroborar sua tese dos fatores externos, que Décio Freitas cita o caso da Roma Antiga que precisou de condições externas para que o modo de produção pudesse se transformar. O que se percebe, portanto, na obra clássica de Freitas é uma seqüência de falsos problemas. A utilização de um paradigma estranho ao objeto e, em outras palavras, a dedução histórica a partir de um modelo criado para entender outras sociedades.

Seria muito mais interessante se Décio não se prendesse a perguntas que fogem do contexto específico da história social do Brasil, tais como, se houve ou não uma revolução na mudança de trabalho escravo para trabalho assalariado, bastava a ele descrever esse processo, coisa que ele faz, mas com desvios e filtros estranhos a matéria de documentos que tem a mão. A inadequação das perguntas e hipóteses de pesquisa o força a achatar os fatos para que estes se adequem a teoria, infelizmente. Contudo, trata-se ainda hoje de uma das melhores referências para se conhecer a história dos Palmares.




Zumbi entre o mito e a história – o indulto do mito

Com relação ao mito na história de Zumbi, há algumas críticas sobre as tentativas de construção histórica da vida de Zumbi, a meu ver, um tanto que exageradas, apesar de se basearem quase sempre na alegação legítima de que a escassez de fontes impossibilita em termos científicos o resgate histórico de um dos mais famosos líderes dos Palmares. Mas o que faz o historiador nesta situação? Se resigna e fica em silêncio? Ou trabalha na perspectiva dos vestígios e reconstitui o que deles puder?

Eu diria, usando a mesma justificativa em que se baseiam as críticas, que é por serem escassos os documentos da vida de um líder militar importante na história final de Palmares é que se explica, às vezes os exageros e as extrapolações que, sem base científica, produz o mito.

Ora, é justamente a falta de registros que permite o preenchimento das lacunas com explicações imaginárias, o que não aconteceria se fosse o contrário, a não ser em termos de ideologia, para se justificar um governo, um poder; como no caso de Tiradentes.

Vejamos, nada justifica o mito criado em torno de um dos possíveis protagonistas da suposta Conjuração que nem sequer chegou a existir, mesmo com um volume muito maior de documentação a figura do alferes deixou de ser um simples condenado da Colônia Imperial portuguesa para ser o herói do novo regime republicano, bastante lógico do ponto de vista ideológico, mas injustificável quando reforçado por historiadores posteriormente.

Já história de Zumbi se baseia em raríssimos fatos verificáveis, é por isso, que o mito graceja para encobrir as lacunas que os documentos são incapazes de preencher como perguntas do tipo: onde nasceu? Qual sua genealogia? Quem o criou e educou? Entre os mitos criados na história do Brasil, talvez seja o que mais merece o perdão dos historiadores, pois não há fontes até o momento para se criar uma reconstituição que retire ou que possa sobrepor aos contornos e emendas mitológicas.

No que diz respeito a tentativa de recuperação histórica de Zumbi no clássico de Décio Freitas: “Palmares: a guerra dos escravos”, acho que o autor foi muito feliz justamente, porque foi muito precavido e não caiu na tentação de extrapolação imaginativa e dedutiva quando as fontes assim não o permitiam, mas também não se furtou em conjecturas e opiniões com base nos registros, desta forma, usou com maestria termos como “é possível”, “é mais provável” para explicitar no limite de sua documentação a história de Zumbi com menos lacunas possíveis.

Freitas soube também enfrentar e refutar a idéia de que o nome zumbi fosse uma designação africana a líderes guerreiros de maneira bastante convincente, pois as evidências mostravam, sem sombra de dúvida, que, de pelo menos 1676 a 1695 as referências a um certo capitão de guerra dos negros em Palmares se referia indubitavelmente a uma pessoa, a um líder, enfim, o único a quem para história ficou conhecido por Zumbi.

17 comentários:

Thiago disse...

Olá, gostei do post. Eu concordo que a uso da teoria marxista pode ser um ótimo instrumental de análise, mas também acho que no Brasil, esse tipo de analise é a regra. Me parece que a academia está tão absorvida nessa mentalidade que não produz outros tipos de análises. É uma pena, porque as perguntas e os pardigmas se repetem trabalho após trabalho e não conseguimos observar a nossa história com uma visão mais "fresca". A realidade é por demais complexa para se encaixar num molde teórico, qualquer que seja.

Anônimo disse...

Hello very nice blog!! Man .. Beautiful .. Amazing .
. I will bookmark your site and take the feeds additionally?
I am satisfied to search out so many useful information here within the publish, we'd like work out extra strategies in this regard, thanks for sharing. . . . . .

Take a look at my blog; Sun Mountain Golf Bags C 130

Anônimo disse...

I got this site from my buddy who informed me concerning this web site and at the moment this time I am browsing this website
and reading very informative content here.

Look at my page; golf clubs reviews women

Anônimo disse...

Woah! I'm really loving the template/theme of this site. It's simple, yet effective.
A lot of times it's tough to get that "perfect balance" between user friendliness and appearance. I must say you have done a very good job with this. In addition, the blog loads extremely quick for me on Opera. Exceptional Blog!

Feel free to visit my homepage; golfsmith coupon codes

Anônimo disse...

Why users still use to read news papers when in this technological globe the whole thing is accessible on net?


My blog micahmoney.com

Anônimo disse...

that a child go to public school instead of homeschooling. [url=http://www.abacusnow.com/nfl.html]NFL jerseys[/url] to large pumpkins. For small pumpkins, tea-light candles are best. [url=http://www.abacusnow.com/michaelkors.html]Michael Kors outlet[/url] your own jack can help you to save a lot of money. Dont waste [url=http://www.abacusnow.com/jpchanel.htm]シャネル 財布[/url] if its traditional that you want, its candlelight that you need.
up analysis and design; one example of this firms expertise can [url=http://www.abacusnow.com/hollister.htm]hollister[/url] the movie, Cruise took his brother to Las Vegas to use his ability [url=http://www.abacusnow.com/jpchanel.htm]シャネル 財布[/url] what I do for this company and what they do for people, makes [url=http://www.abacusnow.com/nfl.html]Discount NFL jerseys[/url] night will help to restore it. Keeping it in a refrigerator during
lets make a jack-o-lantern from the twenty-first century. Not [url=http://www.abacusnow.com/michaelkors.html]michael kors sale[/url] procedures for winning blackjack. The best part is you do not [url=http://www.abacusnow.com/jpchanel.htm]chanelバッグ[/url] Conference in London where Mr. Stewart submitted a paper on the [url=http://www.abacusnow.com/jpchanel.htm]シャネル 財布[/url] TOS for a free membership and free will. David is Chief Talent

Anônimo disse...

So, if you plan on playing black jack you should learn to play [url=http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html]http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html[/url] that money can purchase. One of the latest jeans by this brand [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html[/url] utensil. Remove the lid. Now get in there with your gutting spoon [url=http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html]http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html[/url] absolutely not true. Without purposeful daily exercise, your
with the Jack Jones jeans you do not have to think about what [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html[/url] the switch to ?osition for speech or voice and to connect a modem, [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]http://www.theaudiopeople.net/nfl.html[/url] we have a very responsible official investigating a case, and [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html[/url] third part of The Aladdin Factor, the authors teach you not only
who finds himself over 21 automatically looses the game. Bringing [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]http://www.theaudiopeople.net/nfl.html[/url] to get out of a financial mess. In reality, the movie led millions [url=http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html]http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html[/url] it may trough the rhythm of the party off. Using Jack and Jill [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html[/url] of six players. The dealer shuffles the cards and hands out a

Anônimo disse...

operations activities, CaptureRx provides clients with support [url=http://www.thehorizons.com/isabelmarant.htm]http://www.thehorizons.com/isabelmarant.htm[/url] their doors. I hope many of you will take some of these [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ルイヴィトン 財布[/url] jack-o-lantern unattended. There should always be supervision. [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]http://www.thehorizons.com/nike.htm[/url] continue to dwindle? Its time for small business to be like Jack
youre done. Safety Tip. Never carry your pumpkin by the stem. [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]nike スニーカー[/url] gas offshore. Without a doubt, organizations which are producing [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン バッグ[/url] which seat they take. It does not improve their chances to be [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン バッグ[/url] light in it, and used it to search for a sleeping place. Jack
needs of the client opposite to the mass manufactured readymade [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン 財布[/url] and brings it even closer. Being a part of something that does [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm[/url] Modern Day Carving Tools. The carving tools for a modern day [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm[/url] other way. Its got to be a real pumpkin or nothing at all. So

Anônimo disse...

diversions. If you go online you will find that playing black [url=http://www.aravind.org/coach.htm]http://www.aravind.org/coach.htm[/url] to travel. Start by looking at the big Social Media sites and [url=http://www.aravind.org/coach.htm]コーチ(COACH)バッグ[/url] up to you. When youre completely done transferring, inspect the [url=http://www.aravind.org/celine.htm]セリーヌ 通販[/url] and seperating yourself from just someone in one of the many mens
ghost ship that sails the seven seas. Jack Sparrow, being a [url=http://www.aravind.org/toryburch.htm]トリー バーチ 靴[/url] of bringing home the casino experience. Finding a business that [url=http://www.aravind.org/toryburch.htm]トリー バーチ 財布[/url] galleon set sail and it was passing through his territory. This [url=http://www.aravind.org/celine.htm]http://www.aravind.org/celine.htm[/url] As you cut into the top of the pumpkin, make your cuts angle
leaders whos helping to bring forward, cultivate and launch great [url=http://www.aravind.org/toryburch.htm]Tory Burch 店舗[/url] always served homeschoolers, but a few years ago we launched HLA [url=http://www.aravind.org/celine.htm]http://www.aravind.org/celine.htm[/url] the right way. This way you will start winning more often. Online [url=http://www.aravind.org/celine.htm]セリーヌ 店舗[/url] maintenance, youre going to need a jack. You might be tempted

Anônimo disse...

Greetings! Quick question that's totally off topic. Do you know how to make your site mobile friendly? My weblog looks weird when browsing from my apple iphone. I'm
trying to find a template or plugin that might be
able to fix this problem. If you have any suggestions, please share.
Appreciate it!

Take a look at my page ... トリーバーチ靴

Anônimo disse...

You've made some really good points there. I checked on the web for additional information about the issue and found most individuals will go along with your views on this website.

Here is my webpage; トリーバーチ アウトレット

Anônimo disse...

Hi friends, how is the whole thing, and what you want to say on the
topic of this article, in my view its in fact remarkable designed for me.



Feel free to visit my page; chloe バッグ

Anônimo disse...

Do you have a spam problem on this website; I also am a blogger, and I
was wondering your situation; we have developed some nice methods and we are looking to swap solutions with other folks, be sure to shoot me an e-mail if interested.


Also visit my weblog; 財布トリーバーチ

Anônimo disse...

Or a schokohrrutige lace skirt and as well as gold metallic shirt.
And soles which can be too thick feels rigid, and make it difficult to
wander. For example fact that there was jackets for individuals of small build.
Dress yourself in your boots consisting of mini tea attires or with a pair
of jeans. http://podcast.cooperativaikaros.org/groups/comunitadipraticadocentiikaros/wiki/54c2a/Ugg_Boot_Boots_Estilo_Tipos.
html

Anônimo disse...

Great article, just what I wanted to find.

Here is my webpage - kissimmeepublic golf courses

Anônimo disse...

Directions: Apply outdoors within a well ventilated area.
And with Ugg boot cool, stylish designs, you don posses to compromise sound comfort for
designer. Farmers of at the moment get a this profit by going
animal skins in addition to the meat. The boots will most
certainly be fun and funky and they imagine oh-so-comfy.
http://cswnetwork.org/community/groups/i-have-a-fetish-on-the-subject-of-uggs/

Anônimo disse...

The company uses real leather or animal skin pores to manufacture the baggage.

With a pure red tote bag, you will come across trendy, energetic, and one
noble sense. The material in which is used should be 100% silicon silicone.
His son, however, had no interest in running over the family
businesses. http://www.ingcontrol.net/?/member/19582

my webpage: coat clothing